Ineditismo e ousadia no primeiro bar vegano do Brasil

Ineditismo e ousadia no primeiro bar vegano do Brasil

“O Seu Vagem veio pra trazer mudanças mesmo, fugir dos padrões que nos empurram desde pequenos com ‘verdades’ que são impostas por interesses dos grandes que nunca falam o que pensam”. A mensagem incisiva é do empresário Eric Lorensatto Camargo, de 29 anos. Ele se tornou vegetariano há 10 anos e vem, desde então, procurando alternativas para “toda a imposição que sofremos desde os tempos dos nossos avós”.

Dessa sua indignação, da opção pelo veganismo, da paixão pela culinária e da sua formação em Marketing (USP) e em Gestão Empresarial (Senac), nasceu o Seu Vagem, considerado o primeiro bar vegano no Brasil. O bar foi fundado em maio de 2016 no Passeio Pedra Branca, em frente à Unisul. “O bar quer mostrar que é possível alimentar-se muito bem, tomar uma gelada, experimentar, ousar, e sair satisfeito e consciente de que não é só comida, é muito mais: é amor, compaixão, sensibilidade e solidariedade”, enfatiza. Para ele, o Seu Vagem nunca foi apenas um bar. “Ele tem ideologia, tem partido e oferece, além de comida e bebida, mensagem”, argumenta.

Eric orgulha-se de comandar um empreendimento “cheio de atitude”, incentivando o consumo consciente e responsável. “Respeitamos a época de cada ingrediente e favorecemos os fornecedores locais e os menores. E todos os pratos e molhos são autorais, sem conservantes ou realçadores de sabor químicos”, explica.

O Seu Vagem abre de segunda a segunda, e possui ambiente pet friendly. O sucesso é tanto que Eric já planeja a expansão. Ainda este ano, deverá inaugurar uma unidade em Florianópolis, na Ilha de Santa Catarina.

Pratos tradicionais sem ingredientes de origem animal

Feijoada, moqueca, escondidinhos e massas. Os pratos tradicionais dos bares brasileiros são servidos no Seu Vagem. No entanto, sem qualquer ingrediente de origem animal. No almoço dos finais de semana, eles são acompanhados de sucos naturais e saladas.

O carro-chefe é a feijoada especial, servida sempre no primeiro final de semana do mês. Na combinação estão minipastel, caldinho de feijão, farofa, couve, arroz, salada. Outro prato muito pedido na casa é o Cheddar Vegmelt, burguer de quinoa com aveia, cheddar à base de batata e cenoura, cebola caramelizada, pão australiano e salada.

Para o happy hour diário, o bar oferece porções de coxinhas, acarajé, falafel e de pasteis acompanhadas de chope artesanal da região ou de cerveja gelada, a escolha do cliente. “Temos, também, pratos árabe, saladas, opções sem glúten e os melhores burgers”, complementa Eric.

Por Letícia Wilson, da Santa Editora


Comentários